Como o cânhamo pode salvar a economia do sertão

Estima-se que hoje cerca de 40% da maconha produzida em território nacional esteja no chamado Polígono da Maconha, no sertão brasileiro. O clima árido da região dificulta a agricultura, mas favorece o cultivo da cannabis, tanto que era um meio de sobrevivência para os camponeses até a planta ser proibida em 1932.

Um artigo do blog ‘Acerto de Contas’ discute os usos e a história da maconha, desde o seu uso medicinal até a finalidade industrial, e a importância que a legalização da planta pode exercer para a inserção do polígono na economia nacional.

Confira o texto na íntegra, clicando aqui.